O São Paulo brigou até o fim na Sul-Americana, mas agora precisa se concentrar apenas no Brasileirão

Não é o fim do mundo, por mais que o Colón seja horrível. O São Paulo brigou, lutou, venceu no tempo normal, mas novamente falhou nos pênaltis, um dos maiores problemas do clube nos últimos anos. A eliminação da Sul-Americana é desagradável, pois todo mundo quer ser campeão de tudo que é possível, mas agora existe um único foco: o complicado e disputado Brasileirão. É nisso que o Tricolor precisa se apegar a partir de agora.


Do jogo, pouco podemos falar. Não foi bom, dos dois lados, mas o Tricolor ganhou com um golaço de Liziero. Faltou repertório, ainda mais contra um adversário tão retrancado, mesmo que o time tenha entrado com muitos reservas. Em dois jogos, muitas chances e apenas um gol feito. Nos pênaltis, Bruno Alves errou, os argentinos foram perfeitos e o sonho de outro título acabou. Por mais que esse erro tenha sido crucial, o time foi eliminado mesmo no Morumbi, quando perdeu o primeiro jogo da disputa.


Getty Images




Getty Images

Bruno Alves errou o pênalti na Argentina, mas a classificação escapou das mãos do São Paulo no Morumbi


É verdade que decepciona ver o time sair da competição para uma equipe mais fraca, como o Colón, ainda mais antes mesmo das oitavas de final. É complicado por esse lado, mas acaba poupando o clube de algumas viagens longas, como para a Colômbia, durante o complicado Brasileirão. A partir do próximo jogo, contra a Chapecoense, veremos se o cansaço atingiu o time ou se o psicológico vai abater os jogadores, algo que esperamos que não aconteça, claro.


Com Aguirre no comando, o São Paulo já foi eliminado do Paulista e da Copa do Brasil, mas conseguiu se encontrar em campo e crescer até o atual momento. As próximas rodadas serão com adversários teoricamente simples e o Tricolor precisa se impor, fazer seu estilo e ampliar a vantagem na liderança. É uma situação complicada, sim, mas o elenco precisa se fechar de vez no campeonato nacional.


O Brasileirão é, agora, a prioridade do São Paulo para conquistar um título na temporada. Se não conseguir, corre o risco de passar mais um ano amargando um jejum de títulos, mas já é uma evolução. Agora, no nacional, precisamos de foco total e vitórias para esquecermos essa Sul-Americana. Dos próximos quatro jogos, três são no Morumbi e encher nosso estádio é obrigação.


Depois do tombo, se reerguer é necessário.