Com calma, Leco vai apagando a má gestão de Aidar

A gestão de Carlos Miguel Aidar simplesmente não deixou saudades no São Paulo. Com muitos problemas de corrupção, ao lado dos amiguinhos dirigentes, empresários, intermediários e até a própria namorada, o ex-presidente do Tricolor acabou com as finanças do clube, tomou decisões mais do que equivocadas e acumulou polêmicas até a sua renúncia, no fim de 2015.

Com isso, Leco assumiu com a missão de colocar o São Paulo novamente nos eixos e devolver o clube às glórias mais uma vez. Se vai conseguir ou não, ainda não sabemos, mas é fato que o novo presidente está tentando fazer uma gestão bem mais séria e que coloque dinheiro nos cofres para que tenhamos uma equipe decente.

As primeiras ações de Leco foram mudanças internas no clube e na comissão técnica. Ataíde foi afastado da direção depois de muitas polêmicas envolvendo seu nome desde o ano passado, inclusive a confusão com Aidar. Milton Cruz saiu da comissão técnica depois de fazer birra ao mudar de cargo.


Rubens Chiri / São Paulo FC
Rubens Chiri / São Paulo FC

Atual presidente do Tricolor em reunião no clube


Nesta semana, o clube anunciou que terá um patrocinador máster em sua camisa até o final da temporada 2017. A Prevent Senior vai pagar R$ 24 milhões até o fim do contrato com o São Paulo. Parece pouco? Não parece pouco, é pouco, ainda mais perto do que outros clubes arrecadam com patrocinadores, mas não podemos esquecer que muitos clubes também estão com suas camisas limpas e poucas empresas se arriscam a investir nos clubes neste momento.

O importante é que, depois de dois anos, o São Paulo terá um patrocinador grande investindo no clube. Em 2014, a Semp abandonou o barco no meio do caminho e deixou todos sem rumo. Aidar, incompetente como foi em sua gestão, nunca conseguiu fechar contrato para um novo patrocinador, provavelmente porque estava lá cobrando gordas comissões para sua namorada e seus aspones.

Quieto, sem fazer muito alarde, Leco vai fazendo uma gestão tranquila. No Paulista, o clube não rendeu o esperado, mas está na semifinal da Libertadores. Sua aposta em Patón Bauza e a manutenção do treinador já se mostrou uma sacada inteligente. Aos poucos, o presidente vai devolvendo ao clube o brilho de outrora.

Que assim seja por mais tempo.