Perdão, Sampaoli: eu era feliz e não sabia

Getty Images
Getty Images

Tatuado treinador recebe tratamento indevido por razões extra-campo


Gostaria, desde a minha relativamente pequena significância, de pedir perdão ao sr. Jorge Sampaoli, ex-treinador do Sevilla FC. O técnico não recebeu o merecido carinho por parte deste modesto blogueiro. Sampaoli, você realizou um bom trabalho, as críticas do blog foram exageradas.


É que o técnico anterior era ninguém menos que Don Unai Emery. Um treinador histórico, um mágico que nos fez vencer Uefas (o nome novo Europa League é sobrevalorado) com Cokes, Iborras e Diogos. Não que fossem jogadores fracos, mas vieram do nada e nos deram vitórias, honra e glória.


Sampaoli recebeu um time vitorioso, um time super vencedor e tinha o maior orçamento da história do clube à disposição. Muita gente diz que graças a Sampaoli o Sevilla está envolvido em vários problemas atualmente, que foi ele que inventou esse estilo novo, de toque de bola excessivo e pouco objetivo. 


Não é verdade. O Sevilla de Sampaoli não era intenso e objetivo como o de Emery, mas sabia o que fazia em campo. Era um time vibrante, com caráter e que tinha grande ambição. Tinha suas falhas, mas, em todo caso, era MUITO superior ao que vemos atualmente, com Berizzo e cia.


rapsoda teve atitudes que deixaram parte do sevillismo chateado, mas seu trabalho não pode ser menosprezado - e mais, de forma alguma Sampaoli pode ser visto como a causa para a má fase atual do clube, como alguns querem ver.


Apontar o trabalho de Sampaoli como causa para o mau momento atual do Sevilla não é justo.