Na vitória contra o Atlético de Madrid, o Sevilla enfim mostrou caráter

Getty Images
Getty Images

Vai buscar, Moya...


O Sevilla arrancou um resultado totalmente inesperado, nesta quarta-feira. A vitória contra o Atlético Madrid (1-2) foi muito merecida e surpreendente. O time de Vincenzo Montella demonstrou raça, poder de reação e inteligência ao garantir um resultado que será decisivo para o futuro do treinador italiano à frente do clube.


A derrota ante o Betis havia colocado o Sevilla em um cenário de terra arrasada. Diante disso, o sorteio da Copa do Rei, ao apresentar o Atlético Madrid no caminho da equipe andaluz, parecia um desastre. Não foi. Este era o resultado ideal, em um contexto ideal, para que o Sevilla se recupere na temporada.


A semana teve de tudo um pouco, com direito até a visita de integrantes da torcida Biris Norte, no centro de treinamento. Curiosamente, os torcedores foram bem recebidos pelo elenco. Os dias prévios ao confronto também foram marcados pela cara de nenhum amigo de Montella na coletiva, negando boatos até de uma possível saída e de brigas no elenco.


Fato é que a vitória do Sevilla, hoje, foi o resultado de uma atuação honrada e de caráter, de um time que acreditou em suas possibilidades desde o início. Foi um Sevilla objetivo, intenso e com grande capacidade de enfrentar um adversário duro como o Atlético de Madrid. 


Na verdade, nem o Sevilla de Sampaoli havia sido capaz de jogar tão bem, fora de casa, contra um adversário potente como o clube de Diego Simeone. Para aqueles sevillistas que estavam pessimistas (99%), a atuação de hoje é um grande sinal de que a temporada pode ser recuperada.