A volta de Bale ao Tottenham é sonho ou realidade?

"Tenho de jogar todas as semanas, e isso não aconteceu nesta temporada. Preciso sentar durante as férias e conversar sobre as coisas com meu empresário".


Com essa alegação após a final da Champions League, Gareth Bale brincou com o coração de todos os torcedores do Tottenham. Na coletiva pós-jogo, manteve o mesmo tom, e preferiu não comentar sobre uma possível volta ao norte de Londres neste momento.


Até a temporada passada, poderia ser mera ilusão. Alguns acontecimentos recentes, porém, tornam a volta do craque galês uma possibilidade. Um deles é a renovação de Maurício Pochettino até 2023: foram garantidas ao treinador cerca de £150 milhões para investir em contratações, segundo o The Times. Outros jornais, como o espanhol AS e o inglês Daily Star, informaram que o Real venderia o atleta aos Spurs se a equipe estivesse disposta a pagar cerca de £75 milhões. Faça os cálculos. 


Getty Images
Getty Images

Com a camisa do Tottenham, Bale viveu grandes momentos e virou ídolo da torcida


Ademais, Bale já demonstrou interesse em retornar ao Tottenham em algumas oportunidades. E ele está documentado: o time inglês tem prioridade em caso de retorno do atleta à Premier League, podendo cobrir qualquer oferta advinda da Inglaterra em até 72 horas. A cláusula é válida até junho de 2019 e, obviamente, teve o consenso do galês.


O que pode impedir a volta do jogador são os valores envolvidos no negócio. Além do salgado preço de seu passe - que o transformaria no jogador mais caro da história do Tottenham -, o salário parece inegociável: no momento, ele recebe cerca de £350 mil por semana. Vale lembrar que os Spurs não renovaram com o Alderweireld, no término da temporada, pois o jogador pediu £180 mil semanais. Das duas, uma: ou Bale diminui seu salário praticamente pela metade; ou Daniel Levy abre mão da restrita política de pagamentos do clube.


Getty Images
Getty Images

Pelo Real Madrid, foi decisivo em grandes duelos e empilhou títulos, mas não se firmou como o craque que todos esperavam


Em meio a lesões e à ascensão de outros atletas, Bale não tem sido titular do Real Madrid nas últimas temporadas. Ao marcar dois gols na final da Champions League (sendo um antológico), o ponta mostrou que, aos 28 anos, ainda tem qualidade de sobra e pode ser peça-chave em grandes equipes na Europa. 


Agora ou depois, o investimento seria descomunal. Ainda assim, significaria a mudança de patamar que o Tottenham tanto almeja.