Contrato renovado de Kane simboliza uma nova era nos Spurs

Na tarde desta sexta-feira, a conta do Tottenham no Twitter postou um vídeo com a realização de testes nos telões do novo estádio. Em um primeiro momento, parecia ser somente um dos tantos conteúdos sobre as novidades do projeto. As imagens, contudo, revelaram-se grandiosas com o passar dos segundos. Os telões, ainda que titubeantes, em meio a guindastes e materiais de construção, revelavam: Harry Kane assinara um contrato de 6 anos com a equipe inglesa.


O cenário para o anúncio da renovação foi bem planejado. O novo estádio está ficando cada vez mais maravilhoso e representará um momento de engrandecimento dos Spurs. Há, no vídeo, duas estruturas que farão a diferença nessa fase. A estrutura física, que será um símbolo concreto da situação em que a equipe viverá; e a estrutura salarial, que passa a ser totalmente modificada com o novo contrato de Kane.


Getty Images
Getty Images

Sonho de equipes como o Real Madrid, Harry Kane marcou 41 gols na última temporada


Antes, o atacante recebia £100 mil por semana - o então maior salário do clube, ao lado de Hugo Lloris. Com as novas £200 mil semanais (além de bônus significantes), Kane passa a liderar a folha salarial de forma unânime. Não há dúvidas de que ele fez por onde: o camisa 10 é cada vez mais letal na frente do gol. Além disso, ele puxa a fila para outras renovações. De acordo com o Daily Mail, Eriksen e Dele serão os próximos a terem vínculos reforçados com o clube. Depois, a ideia seria propor novos contratos a Lloris, Vertonghen, Son, Trippier e Davies.


Com a antiga estrutura salarial estraçalhada, a equipe entra em um novo patamar. Arcar com as £160 mil semanais pedidas por Alderweireld não mais soa absurdo, ainda que o belga provavelmente deixe os Spurs após a Copa do Mundo. E o salário astronômico de Gareth Bale? Daniel Levy, chairman dos Spurs, demonstrou que está disposto a satisfazer os desejos de Pochettino, e manter – ou agradar - os craques do time parece ser uma dessas vontades.


Getty Images
Getty Images

Com as receitas do clube subindo, o bolso de Levy tem sido aberto como nunca


A lista de afazeres de Levy para esta pré-temporada é bastante clara. Renovar com as jovens promessas? Check. Carter-Vickers, Sánchez, Walker-Peters e Winks estão com novos contratos. Garantir o comandante por mais quatro anos? Check. Agora, a hora é de reforçar o vínculo com os nomes importantes da equipe. As contratações, ao que tudo indica, ficarão para depois. 


A questão salarial e o valor disponibilizado ao Pochettino para contratações não são os únicos representantes da nova mentalidade do Tottenham. Eletricistas ingleses estão recebendo ótimos valores para trabalhar no novo estádio, deixando projetos da prefeitura de Londres, de mobilidade urbana, com mãos abanando. É, de fato, uma nova era no clube londrino.