A zona de conforto não é lugar para o Vasco

www.vasco.com.br
www.vasco.com.br


O Bragantino, nosso adversário de hoje pelo Brasileiro, é o que podemos chamar de uma instituição da segundona. Há vários anos o clube de Bragança Paulista está lá, meio da tabela, satisfeitão em não cair para a Série C e se manter na B.


Só que esse ano o velho Braga não está bem, tanto que encabeça o Z4 da competição. E por isso o time já entabula uma reação. Venceu duas partidas seguidas e a última, um 3 a 1 sobre o Oeste (é, aquele que não vencemos) fora de casa. Ou seja, eles não querem mesmo perder seu confortável status de time da Série B.


Mas quem não pode pensar em conforto é o Vasco. A vitória sobre o Santa Cruz em Recife pela Copa do Brasil pode ter empolgado o grupo, mas não deve ser motivo para esquecermos que nosso desempenho em São Januário teve uma queda vertiginosa. É preciso encarar o Bragantino com toda seriedade possível, até porque um tropeço hoje pode nos fazer perder a liderança na competição.


Como Jorginho ainda não pode contar com Nenê, muito provavelmente ele repetirá a formação que bateu o Santinha na quarta passada. E isso não é necessariamente bom: Marcelo Mattos continuará no time e Pikachu continuará no meio (o que significa que Madson joga), e assim perderemos a chance de ver mais garotos no time além do Evander. De novidade mesmo, a possibilidade da estreia do Éderson, que estará no banco. O que significa também que as chances do Thalles como titular estão se esgotando. Se o atacante parrudo não tiver uma boa atuação hoje, provavelmente voltará ao banco por um bom tempo.


Falar que o Vasco é favorito chega a ser desnecessário. Numa Série B, essa frase deveria vir estampada na nossa camisa abaixo do patrocínio. Mas favoritismo não ganha jogo e é preciso fazer por onde vencer (e muitas vezes vencemos mesmo sem fazer isso, por conta da fragilidade dos adversários). Ser o único clube grande em uma competição traz muitas vantagens, mas com elas vêm as responsabilidades. Já passou da hora do Vasco deixar a zona de conforto em que está e passar a provar na bola que pode sobrar nesse Brasileiro.


Vasco x Bragantino (Campeonato Brasileiro – 17a rodada)
São Januário – 16h30


Vasco: Martín Silva; Madson, Jomar, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Yago Pikachu, Andrezinho e Evander; Jorge Henrique e Thalles. Técnico: Jorginho.


Bragantino: Felipe; Alemão, Lucas Rocha Éder Lima e Bruno Pacheco; Gabriel Dias, Daniel Pereira, André Rocha e Marcos Paulo; Rafael Grampola e Claudinho. Técnico: Marcelo Veiga.


Arbitragem: Braulio da Silva Machado. Auxiliares: Rosnei Hoffmann Scherer e Thiaggo Americano Labes