Para fazer o dever de casa contra o Macaé, Vasco precisa esquecer a Libertadores

www.vasco.com.br
www.vasco.com.br

Zé Ricardo tem a missão de convencer seus comandados a esquecerem a Libertadores e darem um pouco de atenção ao Estadual


Com um monte de jogos da Liberadores já rolando, ter que voltar à realidade dos Estaduais é meio triste, pra não falar deprimente. Mas se o Carioquinha não para, temos que falar dele. Até porque a partida de hoje contra o Macaé, na Colina, é mais decisiva no campeonato do que pode parecer.


Isso porque outro tropeço, ainda mais jogando em casa e provavelmente com seu time titular, deve servir como aquela ducha de água fria nas pretensões não muito pretensiosas do Vasco no Estadual. Não fosse a ampla vantagem que os times do grupo C estão levando sobre os do grupo B, uma derrota poderia nos deixar numa situação bem complicada de classificação. Não porque seja impossível nos recuperar na Taça Rio, mas porque quanto mais se aproxima o jogo contra a La U, menos interesse o Carioca terá para o time.


E todos nós sabemos que, se com foco total já teremos muitas dificuldades no grupo 5 da Libertadores, imaginem tendo que dividir atenções com uma disputa de turno no Estadual.


Por tudo isso, uma vitória contra o Macaé hoje é importante: com três pontos, podemos assumir a liderança do grupo e ficar mais tranquilos para os outros três jogos que teremos antes do compromisso contra a equipe chilena. E o grupo também ganhará uma moralzinha importante depois de duas derrotas seguidas.


Seja como for, no bagunçado calendário do futebol brasileiro é sempre assim. É preciso escolher o que priorizar. E como não dá pra comparar uma Libertadores com uma disputa de Estadual, o que o Vasco precisa diante do Macaé é tentar esquecer a vontade de levar o Carioca com a barriga e fazer seu dever de casa com a concentração que for possível. Se nossos titulares não conseguirem fazer isso nem contra o vice-lanterna do outro grupo, talvez seja melhor deixar o Estadual com os reservas e deixar os titulares apenas treinando pros jogos da Liberta.


VASCO X MACAÉ


Local: São Januário


Horário: 19h30(de Brasília)


Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)


Assistentes: Rodrigo Henrique Corrêa (RJ) e Daniel do Espírito Santo Parro (RJ)


VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Erazo, Paulão e Henrique; Leandro Desábato, Wellington, Wágner, Evander e Paulinho; Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.


MACAÉ: Luis Cetin, Marcelo, Igor João, Admilton e Lucas Gabriel; Julio César, Maranhão, Lepu, Alex e Edinho; Pipico. Técnico: Josué Teixeira.