Contagem regressiva para Martín Silva no Vasco

www.vasco.com.br
www.vasco.com.br

Vasco começa o Brasileiro contra o Galo, em uma das poucas partidas que teremos com nosso goleiro titular antes da Copa do Mundo


Todo mundo sabe que no Brasileirão de pontos corridos, não dá pra ficar molengando no começo da competição e é preciso acumular a tal “gordura” para evitar problemas no final do campeonato. Para o Vasco - que estreia hoje no Brasileiro contra o Galo, na Colina – um bom começo é ainda mais importante, já que a Copa do Mundo fatalmente nos fará ficar sem nosso principal jogador. E não, não estou falando do Paulinho, que já não atuará até depois do mundial, mas de Martín Silva.


Sem ter um goleiro reserva que mantenha minimamente o nível do nosso titular, fazer todos os pontos possíveis enquanto ainda contamos com San Martín no time é mais que importante, é uma necessidade. E como nosso goleiro só atuará no máximo por dez jogos antes de se apresentar à seleção uruguaia, as partidas que acontecerem em São Januário devem ser levadas mais a sério ainda.


E é bom que nosso começo seja logo contra um time forte como o Atlético Mineiro. Não apenas porque contaremos com nosso goleiro titular (e se teremos que encarar todo mundo, que os adversários mais complicados sejam com Martín no gol), mas também porque o time de Minas precisou viajar no meio da semana pela Sul-Americana. Termos um oponente mais desgastado justo quando passamos uma semana inteira apenas treinando.


Mas é claro que o cansaço do Galo não será o bastante para tornar o jogo mais fácil. Contra jogadores como o goleiro Victor, Fábio Santos, Elias, Cazares, Otero e Ricardo Oliveira, a qualidade técnica são pontos que ajudam para superar o desgaste. Teremos que fazer a nossa parte, mostrando a mesma eficiência defensiva das últimas partidas e seguir marcando gols como fizemos no Carioca. Até porque, se nossa zaga funcionar bem mas nosso ataque fraquejar, não passaremos de um empate, o que é pouco jogando em casa.


Só fica uma dúvida: o que terá feito o Ricardo Graça para, no momento, perder a posição de reserva imediato até para o Werley (que até pênalti perdeu na final do Estadual)? É torcer que essa escolha do Zé Ricardo não comprometa um dos jogos dez jogos que teremos com Martín Silva antes da Copa do Mundo.



VASCO X ATLÉTICO-MG


Local: São Januário


Horário: 16h(de Brasília)


Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)


Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)


VASCO: Martín Silva, Yago Pikachu, Paulão, Werley e Henrique; Leandro Desábato, Wellington, Evander e Wágner; Andrés Ríos e Duvier Riascos. Técnico: Zé Ricardo.


ATLÉTICO-MG: Victor, Patric, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Luan, Elias, Juan Cazares e Rómulo Otero; Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.