Mais que tranquilidade, Vasco precisa de vontade para passar pela LDU

www.vasco.com.br
www.vasco.com.br

Breno disputa uma bola com Vagner no treino: volta do zagueiro é importante reforço em um jogo no qual o Vasco não pode sofrer gols


Todos no Vasco que foram questionados sobre o jogo da volta contra a LDU, pela Sul-Americana, falam a mesma coisa: é preciso jogar com tranquilidade/paciência e inteligência.


Este comentário, óbvio para o time, não emplacaria para a torcida. Mas até que será necessário. Até porque, todo vascaíno está cansado de ver o Vasco perder por conta da falta de inteligência dos seus jogadores. Se os caras pararem de cometer erros primários e evitarem oferecer gols ao adversário, já seria ótimo.


Mas quem falou em tranquilidade e inteligência esqueceu de uma coisa. É preciso mostrar empenho, gana de vencer, do primeiro ao último minuto. É isso que a torcida quer ver, ainda mais em São Januário (que deve estar lotado logo mais). Não jogar muito bem e até perder a vaga, vá lá. Não mostrar raça em cada disputa de bola será um convite para que as arquibancadas percam justamente o que o time precisa ter: paciência.


Jorginho conseguirá praticamente repetir o time que atuou bem contra o São Paulo – que é muito mais time que a LDU – com o providencial reforço do Breno, que não jogou no Morumbi. A volta do titular é importantíssima, já que se sofremos um gol na Colina, a missão ficará muito mais complicada.


Não será uma molezinha conseguir a classificação, mas a missão está longe de ser impossível. Uma classificação, revertendo uma desvantagem considerável, dará uma moral para o time (sem falar no fôlego extra para o treinador) também na reta final do turno do Brasileirão. E, tão importante quanto, nos manterá vivos na última possibilidade do Vasco fazer uma graça neste ano de 2018.



VASCO X LDU-EQU


Local: São Januário


Horário: 19h30 (de Brasília)


Árbitro: Mario Díaz de Vivar (Paraguai)


Assistentes: Juan Zorrilla (Paraguai) e Roberto Cañete (Paraguai)


VASCO: Martín Silva, Luiz Gustavo, Breno, Oswaldo Henríquez (Ricardo) e Ramon; Leandro Desábato, Andrey, Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Thiago Galhardo; Andrés Ríos. Técnico: Jorginho.


LDU: Adrián Gabbarini, José Quinteros, Franklin Guerra, Horacio Salaberry e Aníbal Chalá; Jefferson Orejuela, Edison Vega, Anderson Julio e Johjan Julio; Fernando Guerrero e Juan Anangonó. Técnico: Pablo Repetto.