Dia para o 'Clark Kent da Colina' dizer "para o alto e avante"

www.vasco.com.br
www.vasco.com.br

Clássico contra o alvinegro é mais uma chance para Valentim mostrar que pode reverter a fase ruim no Vasco


Tanto o Botafogo como o Vasco poderiam ter uma vantagem para o clássico de hoje no Engenhão. Mas com o troca-troca de treinadores entre os dois times, o fato de um conhecer bem o elenco do outro acaba anulando a tal vantagem.


Claro que é preciso levar em consideração que, com a campanha que fazem, Valentim e Zé Ricardo devem ter mais conhecimento sobre os DEFEITOS dos times adversários. E como a luta contra o rebaixamento é o principal objetivo dos dois treinadores, a máxima “vencerá quem errar menos” será mais precisa do que nunca em um clássico como este.


Para o técnico-galã, a partida é ainda mais importante. Não apenas por conta do terrível empate (pelo resultado e pelo futebol apresentado) contra o Paraná na última rodada, mas porque o Valentim ainda não conseguiu convencer no cargo. Ainda ostentando o recorde negativo de “treinador vascaíno com o pior aproveitamento na década”, uma vitória hoje é vital para uma virada na trajetória do Valentim na Colina.


Mas aí olhamos pro time...A entrada do Fernando Miguel no lugar do convocado Martín Silva nem chega a preocupar tanto quanto a presença de alguns “titulares”: Rafael Galhardo, William Maranhão, Geovanni Augusto, e até mesmo o Ramon e o Andrey, na fase em que se encontram, não trazem qualquer segurança ao torcedor. E quem tem visto o Botafogo comandado pelo Zé Ricardo (que, SIM, parece ser um treinador mais preparado que o nosso), sabe que teremos pela frente um adversário mais ajustado que o nosso time.


E talvez isso, de uma forma inexplicável, nos ajude contra o alvinegro. As melhores partidas do Vasco sob o comando do Valentim acabaram sendo as que a torcida tinha poucas esperanças em ver uma atuação decente (nos empates com o Flamengo e contra o Santos no Pacaembu). Quem sabe hoje não é o dia da primeira vitória fora de casa? E sendo em um clássico, será ainda melhor.


Tão importante quanto o treinador sósia do Clark Kent finalmente mostrar serviço são os três pontos da partida. Se os conseguirmos, daremos um importante salto na tabela, saindo do Z4, onde estamos agora, direto para a zona de classificação para a Sul-Americana.


Claro que uma vitória hoje no Nilton Santos não chega a ser garantia de muita coisa. Mas só o tempinho de paz que o time terá caso vença, já é motivo de sobra para o Vasco fazer de tudo pelos três pontos.


BOTAFOGO X VASCO


Local: Engenhão


Hora: 21h (Brasília)


Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG)


Assistentes: Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)


BOTAFOGO: Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso, Gustavo Bochecha e Luiz Fernando; Erik e Kieza. Técnico: Zé Ricardo.


VASCO: Fernando Miguel; Rafael Galhardo, Luiz Gustavo, Henríquez e Ramon; Willian Maranhão, Andrey, Giovanni Augusto e Yago Pikachu; Andrés Ríos e Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.